Sobre a Freshmarte:

A Farm Corps é uma empresa Agri-tech sediada em Lagos, Nigéria, com a missão de alavancar as soluções tecnológicas móveis na abordagem dos desafios da cadeia de fornecimento e sustentabilidade na indústria agrícola africana. O fundador, Joe Oyebisi, diz que a sua paixão pela agricultura decorre do desejo de melhorar a produção de alimentos em comunidades agrícolas de pequena escala, onde a insegurança alimentar é um desafio.

1. Antecedentes do projecto
O ministério da agricultura contratou comerciantes agrícolas para distribuir insumos agrícolas, sementes e fertilizantes na Nigéria. Devido a ineficiências burocráticas, o programa não foi bem sucedido, tendo tido um impacto negativo nos pequenos agricultores. A Farm Corps visava fornecer um sistema de distribuição transparente de insumos agrícolas e de financiamento que cortasse o intermediário para enfrentar estes desafios. Organizaram os agricultores em grupos e ligaram-nos a empresas de alimentos/agro-processamento. Contudo, a iniciativa não deu muito resultado porque o capital era insuficiente e o projecto enfrentou vários desafios técnicos.
Depois destas soluções sem sucesso, Job Oyebisi - Co-fundador e CEO da Farm Corps, acreditava que uma aplicação web ligada à WhatsApp funcionaria. O Job e a sua equipa apresentaram uma proposta para o Desafio da Inovação Social de 2018 como Freshmarte Global Services LTD. A organização percebeu que a maioria dos pequenos agricultores não possuía telemóveis. No entanto, os agricultores podiam partilhar telemóveis com base na localização, pelo que os pequenos agricultores foram agrupados em corpos de agricultores. A Freshmarte Global Services LTD passou a ter a denominação de Farm Corps tendo este agrupamento em mente.

2. O Desafio da Inovação Social

Em 2018, o I4C-Africa Hub acolheu o Desafio da Inovação Social (SIC) sob três áreas temáticas: transparência, responsabilidade e Gestão de Recursos Naturais. O I4C-Africa Hub estava à procura de cinco organizações que utilizassem a inovação para trazer impacto social às suas comunidades em todas as sub-regiões da África (Leste, Sul, Norte, Oeste e África Central). O SIC visava também encorajar estas organizações a trabalharem em conjunto e a desenvolverem formas inovadoras de provocar mudanças através da investigação, actividades comunitárias, novas tecnologias, aplicações e ferramentas de formação alinhadas com as áreas temáticas.
A Farm Corps participou do SIC através da identificação e partilha de conhecimentos sobre soluções inovadoras, ferramentas e respostas das organizações da sociedade civil a uma questão social (sustentabilidade agrícola) abordando as três áreas temáticas chave do SIC. Além disso, as soluções abordaram questões que:

  • tiveram um impacto social negativo
  • afectaram um grande número de pessoas em toda a região
  • afectaram grupos marginalizados de pessoas; e
  • eram relacionadas com tecnologia, investigação ou com advocacia e relevantes em termos de política.

A organização foi um dos vencedores do Desafio da Inovação Social de 2018 e recebeu uma subvenção de 10.000 dólares para facilitar a ampliação da sua plataforma que liga os agricultores a insumos de qualidade, finanças e mercados premium.

Realizações na Fase 1

  • A Farm Corps criou uma aplicação androide ligada ao WhatsApp Business. "No futuro, o nosso foco é utilizar a nossa plataforma de distribuição descentralizada para abordar a distribuição ineficiente e transparente de insumos, que poupa custos e é rentável para todas as partes interessadas ", disse Job.
  • A Farm Corps ligou quarenta e oito agricultores e apoiou a sua produção com esta aplicação. Assim, ajudaram os agricultores a aceder a serviços financeiros básicos, tais como contas móveis, seguros e empréstimos. Estes agricultores receberam um empréstimo de até 100% para apoiar o seu fornecimento de matérias-primas (sementes e fertilizantes) e satisfazer a procura de matérias-primas da empresa (milho, painço, mandioca).
  • Em média, os agricultores aumentaram o rendimento agrícola por hectare cultivado em 200% - 300%. Os agricultores também duplicaram o rendimento de 400 dólares para 800 dólares por hectare.
  • A aplicação da Farm Corps facilitou os agricultores a ligarem-se a outros agricultores e empresas de processamento de alimentos. Isto permitiu-lhes desenvolver um sentido de transparência e responsabilidade, uma vez que podiam acompanhar todas as fases da cadeia de abastecimento. As comunidades foram ligadas a compradores online e puderam localizar onde obter sementes para diferentes culturas. Podiam também adequar a procura à oferta, identificando o tipo de alimentos necessários nos mercados e onde os vender. Além disso, tinham acesso a informações sobre outras explorações agrícolas e outros actores do sector. Através desta aplicação, o preço de mercado dos alimentos baixou.
  • Com a intervenção da Farm Corps, Patrick, um jovem pequeno agricultor, conseguiu aumentar a sua colheita de quatro sacos de milho para vinte e um sacos de milho numa só estação.
  • Em 2018, a Farm Corps estabeleceu uma parceria com um programa em nuvem da Microsoft que lhes ofereceu cerca de 50.000 dólares para um espaço de hospedagem em nuvem. Este espaço de hospedagem permite às comunidades o acesso a ferramentas de produção.  

AMPLIAÇÃO DE ESCALA DO SIC 2018
O objectivo da Farm Corp como empresa agro-técnica em fase de arranque é construir e implantar tecnologias e sistemas que facilitem o acesso ao financiamento por parte dos pequenos agricultores. Isto permitir-lhes-á o acesso à aquisição de insumos e à melhoria das operações agrícolas para impulsionar a produção alimentar, especialmente na África Subsaariana, onde a produção agrícola é menor em comparação com outras regiões do mundo. Em três anos, a organização espera escalar em toda a região da África Ocidental, com uma plataforma de distribuição descentralizada comprovada de insumos agrícolas e serviços de aconselhamento com base em dados para atingir mais de 5 milhões de pequenos agricultores com esta intervenção.
Realizações

  • Desenvolveu um protótipo da plataforma com as características de melhoramento propostas.
  • O lançamento e a marketing da plataforma.
  • A formação online para agricultores, coortes de agricultores - chefe e agentes do campo.